Como a Experiência Airbnb revolucionou o turismo no mundo

De uma pequena ideia para a maior plataforma de locação de casas de temporada do mundo! Nesse post vamos contar algumas curiosidades dessa empresa incrível que gera renda e emprego para milhões de pessoas.

A história do Airbnb

O ano era 2007 e a experiência Airbnb, que revolucionaria o mundo do turismo, estava prestes a ser criada pelos amigos Brian Chesky e Joe Gebbia. Eles apenas não sabiam disso ainda! 

Chesky vivia na Europa, mas estava sem recursos para se manter por lá. Decidiu então passar um tempo na casa do amigo Joe, em San Francisco, na Califórnia. No entanto, por lá as coisas não estavam diferentes. Para dar uma força nas contas da casa, os amigos decidiram alugar colchões infláveis na sala da casa e oferecer café da manhã para alguns turistas que estavam na cidade para uma conferência e não haviam conseguido reservar um hotel. Da necessidade de caixa, nasci ali o Airbed and Breakfast

Para oferecer a estadia, os jovens criaram um site simples e conseguiram fazer as primeiras 3 reservas custando 80 dólares cada. Em março do ano seguinte, convidaram o amigo e engenheiro Nathan Blecharczyk, que trazia experiência em outras empresas de tecnologia, para profissionalizar a plataforma. Com a chegada do desenvolvedor, o site airbedandbreakfast.com, uma página simples e de fácil navegação, começava a tomar forma. 

As primeiras dificuldades financeiras

Parecia que tudo estava fluindo bem: a ideia era que o site fizesse a ponte entre os hóspedes e os anfitriões. A cada locação, eles ganhariam uma pequena taxa. A ideia parecia ótima, mas, na prática, apareceram diversos percalços.

Existia um grande nível de insegurança no usuário nas duas pontas com receio de quem iria alugar e de quem estaria alugando o espaço. Sem uma garantia, era difícil convencer as pessoas a se “arriscarem”. E a partir disso, o negócio empacou e os sócios voltaram a ter dificuldades financeiras.

O trampolim da experiência Airbnb

Para alavancar a imagem da empresa, surgiu a ideia de aproveitar a Convenção Nacional do Partido Democrata, para uma campanha de relações públicas capitaneada por Brian Chesky. O evento aconteceria em Denver, Colorado e todos os hotéis já estavam lotados. Mais uma vez a plataforma trouxe muitas reservas, porém logo os fundadores se viam sem receita para continuar financiando o negócio.

Foi quando tiveram a ideia de explorar o conceito de café da manhã, que já trabalhavam em suas estadias, para gerar buzz, criando e caixas de cereais matinal colecionável com o tema das eleições. No ano de 2008, a disputa presidencial estava entre Barack Obama e John McCain. Para essa campanha foram criados então 2 tipos de cereais:  Obama O’s e Cap’n McCain’s, como Cheerios e  Cap’n Crunch, marcas tradicionais americanas. 

A campanha deu certo! Venderam US$ 40.000 em cereais, suficiente para quitar todas as dívidas do negócio e atrair a atenção de diversos investidores. Por outro lado, os três fundadores se viram tendo que gastar horas dobrando caixas de papelão, produzindo cereais, colando as caixas e fazendo as entregas. Quem diria que nosso querido Airbnb não existiria se não fossem os cereais, rs?

Segundo Chesky, eles passavam as noites pensando se o Mark Zuckerberg, na criação do Facebook, também precisou colar caixas de cereal. Apesar da sensação de que o caminho estava muito tortuoso, a campanha foi fundamental para aumentar o alcance do site, chamar a atenção da imprensa e ganhar novos investidores. 

Esse foi o empurrão necessário para que a startup passasse a se destacar no Vale do Silício no ano seguinte e conseguisse diversos investimentos de capital, começando a sua aceleração com a Y Combinator. Foi no ano de 2009, nesse despontar da empresa que o nome foi modificado para Airbnb, uma abreviação do nome inicial.

O foco do Airbnb na experiência do usuário

Como todo marketplace, para terem demanda crescente de hóspedes no site, a plataforma precisava ter as melhores propriedades de locação. Para atrair os proprietários ainda reticentes no novo modelo de negócio, Brian e Joe iam de porta em porta visitando os imóveis para ouvir diretamente dos donos quais as dores e desejos com a locação. Sem medo de “por a mão na massa” os próprios fundadores foram inúmeras vezes até Nova York para tirarem as fotos profissionais para os anúncios. 

Essa chance de estar próximo do usuário foi a arma secreta para o desenvolvimento da empresa. Ali, ouvindo os donos dos espaços que eram alugados, os sócios entendiam as necessidades sobre como poderiam melhorar a experiência. A partir daqueles eventos, que criaram, em todo mundo, uma nova forma de viajar. 

Foi um longo caminho para tornar o Airbnb a referência em turismo que ele é hoje! São mais de 6 milhões de anúncios ativos em 100 mil cidades ao redor do mundo; 1,4 bilhões de hóspedes recebidos e 4 milhões de anfitriões.

Como dica especial da Autora, rs, para conhecer mais sobre a trajetória e diferenciais da startup, escute esse podcast [em inglês], da Masters of Scale, com o Brian Chesky co-fundador e CEO do Airbnb:

Saiba mais sobre a parceria Welhome + Airbnb

A WelHome nasceu para ser o braço direito do locatário e a tranquilidade do locador. Por isso, selecionamos e anunciamos apenas imóveis padrão WelHome diretamente no Airbnb. Nosso padrão de qualidade serve para garantir a melhor experiência para o hóspede e mais segurança ao proprietário.

No Airbnb, fazemos a gestão do anúncio, as conversas e negociações com os hóspedes, as fotos profissionais e toda organização de check-in/out das casas.

Somos fãs do Airbnb e ainda mais fãs de viajar para casas de temporada. Para quem também ama curtir os espaços com a família e amigos sem ficar confinado aos quartos de hotéis, fale com a gente por WhatsApp e reserve já sua casa de temporada.

Além do Airbnb, a WelHome é parceira e divulga os anúncios no Booking.com, VRBO, Casa Temporada e no Temporada Livre. Então, se você é proprietário de um imóvel e quer viver essa praticidade, fique à vontade para nos mandar um whatsapp e nos lhe contaremos exatamente como funciona, quais os custos e vantagens!

Como hóspede, proprietário, apaixonado por tecnologia ou empreendedorismo, a verdade é que o Airbnb revolucionou o mercado de turismo e somos muito gratos por isso!

Compartilhe com amigos

Share on Facebook
Share on Twitter
Share on Linkdin
Share on Pinterest

Deixe um comentário

Inscreva-se em nossa Newsletter:

Outros Posts